livro recortado 1 

E-book Gratuito - Dona de Mim

Como construir a sua autoconfiança para atrair e manter o amor que você tanto deseja.

GARANTA O SEU!

Como fazer o amor durar depois do casamento. Parte 1

Olá, meu amores. Tudo bem?

Todo mundo reclama que as relações amorosas são muito complicadas e que é muito difícil ser feliz a dois. Mas eu estou aqui para te mostrar como pode ser fácil e prazeroso ser feliz em uma relação amorosa.
Você encontrou o amor da sua vida e quer manter a paixão presente todos os dias?


Neste texto irei falar sobre as três principais emoções que você deve trabalhar para fazer o amor durar muito tempo!
Eu quero falar da alegria, do contentamento e do interesse. Quero que você sinta a paz de ter feito as melhores escolhas e ter se surpreendido com a vida!


    Você pode estar se perguntado o que a Alegria, o Interesse e a Contemplação tem a ver com o encanto do relacionamento e com o amor.


    Bem vou explicar cada um abaixo para que tudo isso comece a fazer sentido para você.


Alegria - cria o desejo de brincar, de passar dos limites e de ser criativo, o que se manifesta em nosso comportamento social, intelectual e artístico. Emerge diante de um acontecimento inesperado e positivo, e gera a disposição de participar e se engajar nas interações que estão ocorrendo no momento.


Interesse- cria o desejo de explorar, de absorver novas informações e experiências e, no processo leva uma pessoa a expandir a si mesma. Emerge em circunstâncias que consideramos seguras, mas que nos oferece novidade ou desafio.


Contentamento- cria o desejo de saborear as atuais circunstâncias em novas maneiras pelas quais a pessoa pode ver a si mesma e o mundo. Emerge quando uma pessoa percebe seu momento atual como sendo altamente satisfatório, “precioso” ou capaz de lhe proporcionar a sensação de que “tudo está perfeito”.

Untitled design50


Amor- emerge quando outras emoções positivas são sentidas no contexto de uma relação interpessoal ou relacionamento. Estimula, entre outras coisas, as conexões sociais e a autoexpansão.


        Pois bem! O problema é que depois que a paixão acaba temos que nos esforçar para que essas emoções que estimulam o amor e a conexão façam parte do nosso dia a dia. Principalmente depois do casamento quando achamos que o jogo já está ganho.


    Quando começamos a enxergar verdadeiramente os traços de personalidade da pessoa que está ao nosso lado percebemos que ela não é tão perfeita quanto antes, quando existia o calor da paixão nos envolvendo. Muitas vezes essa pessoa que acreditamos ser perfeita por um período pode nos machucar, fazer julgamentos duros e muitos dos seus comportamentos podem nos irritar.


    No casamento começamos a nos impor. Cada um quer expressar seus desejos, mas muitas vezes eles são diferentes um do outro.
    Mas em um casamento não podemos enxergar o outro como uma ameaça à nossa felicidade. E devemos sim, enxergar no outro  uma possibilidade de aumentar a nossa própria felicidade e realização. E isso não é precisar do outro para ser feliz.
    É importante que nesse momento você entre em contato com o momento em que você decidiu escolher o seu marido para ser o homem que viveria ao seu lado o resto da sua vida. O que te fez chegar até aqui? No que você acreditava quando disse “sim” ao amor de você dois? Como você achava que iriam superar as dificuldades juntos?


    Saber exatamente o que você espera deste casamento e o que você espera do seu marido é importantíssimo. Uma mulher confiante é um dos principais afrodisíacos do homem.


    Existe agora o desafio de manter algumas emoções que antigamente eram constantes, mas como fazer isso? Como resgatar essas emoções? Você já irá aprender como fazer isso.


    Antes quero que você entenda como a sua relação deve ser estruturada para que você se sinta mais confiante de que está em uma relação que está sustentada em um base consistente para que você possa expandir toda a sua capacidade de amar e ser amada.


    Este é o momento para você repensar sobre como o seu relacionamento como um todo foi construído até aqui.
Continuação... Leia a parte 2 Aqui!