Uma viagem para resgatar o seu amor

Em dezembro de 2012, meu marido e eu estávamos passando as férias na Europa. Decidimos com um ano de antecedência nosso destino: Inglaterra e Escócia.


Como sou apaixonada por quase todas as peculiaridades londrinas, desde seu chá inglês até o seu tempo cinza e chuvoso, já estava querendo voltar para lá há algum tempo. E como meu marido tinha muita vontade de conhecer a Escócia, estava definido o nosso roteiro!

Exatamente no dia 1º de janeiro de 2013, logo cedo pegamos o trem rumo à Escócia. Entramos no trem e eu me ajeitei confortavelmente para apreciar toda a paisagem da viagem.


No meio da viagem eu peguei o guia da Escócia que estava dentro da minha bolsa e empolgada comecei a ler sobre este interessante país. Nas primeiras linhas estava escrito que a Escócia é considerada um dos países mais bonitos da Europa. Como já havia conhecido muitos países da Europa, logo pensei: Será que é um dos países mais bonitos mesmo? Já conheci tantos lugares bonitos por aqui!

Pensei alto e falei toda animada para o meu marido:

- Aqui no guia está falando que a Escócia é um dos países mais bonitos da Europa.

E ele respondeu com um ar de quem não ouvia uma novidade:

- O guia fala qualquer coisa.

Então eu pensei comigo: “ É verdade”! E desapontada fechei o guia e voltei a apreciar a paisagem de castelos e montanhas, e falei:
“ Bom, pelo menos o caminho até lá valerá a pena!”

Quando saímos da estação de Edimburgo, uma coisa surpreendente aconteceu, eu estava realmente diante da cidade mais linda que havia conhecido na Europa. O guia não estava errado!

Nós olhamos um para o outro e sem dizer nada concordamos que realmente estávamos surpresos com o que víamos. Edimburgo havia nos surpreendido!!

Ficamos em um hotel mais afastado do centro da cidade e estávamos hospedados em um quarto no penúltimo andar do prédio. O quarto tinha uma janela bem grande que tinha como vista toda a cidade, dava pra ver os castelos de pedras e as montanhas.

Todos os dias que chegávamos cansados de tanto passear, eu abria a cortina do quarto e fica contemplando a cidade de longe com a certeza de que eu não desejaria estar em outro lugar que não fosse ali, e não queria outra pessoa ao meu lado para apreciar tudo aquilo comigo que não fosse o meu marido. Eu estava no lugar certo com a pessoa certa, e então dois sentimentos tomavam conta de mim: a  alegria e o contentamento.

Esses dois sentimentos são importantíssimos em nossas vidas, alegria e contentamento. Eles estão diretamente relacionados ao amor.

Eu amo viajar, não abro mão disso por nada! Sempre que estou descobrindo coisas novas, lugares novos, sensações diferentes, eu descubro um pouco mais de mim. Com um olhar mais otimista e mais terno eu também consigo me amar mais e isso me dá um novo animo e renova as minhas energias.

De tantos lugares no mundo que já tive oportunidade de estar, Edimburgo é o primeiro lugar que eu indico aqui no meu site.

Com sua arquitetura medieval, restaurantes rústicos à luz de velas e seus castelos de pedras,  com certeza é um ótimo lugar para renovar o seu amor, ou até renovar suas energias.